Dieta para mandar a gripe embora

Dieta à base de caldos e vegetais mantém pulmões livres de vírus

Desintoxicar o organismo e colocar o intestino para funcionar. Esses são os conselhos da jornalista e estudiosa da Medicina Oriental Sonia Hirsch para prevenir gripes e resfriados. Que ninguém pense que ela está misturando alhos com bugalhos. De acordo com a Tradicional Medicina Chinesa, pulmões e intestino funcionam em sintonia e, para eliminar o muco que pode vir a se transformar em catarro, o melhor caminho é limpar o intestino.

Dieta para mandar a gripe

“Nas famílias de cultura tradicional, se um filho diz que está ficando gripado, a mãe manda tomar um purgante”, diz Sonia. Segundo ela, a gripe é um processo de eliminação do catarro, que, por sua vez, é formado a partir da digestão malfeita.

O catarro sobe do estômago para as vias aéreas superiores. Pela passagem do ar, vai ficando ressecado e criando as condições ideais para a proliferação de bactérias.

O que prejudica a dieta?

Sonia explica que leite e seus derivados e farinha refinada, encontrada em pães, biscoitos, bolos e macarrão, prejudicam o organismo quando se está num processo gripal. “A farinha engrossa o muco, da mesma forma que engrossa um mingau”. Ela também recomenda cortar açúcar, gelados e líquidos durante as refeições.

A dieta ideal incluiu vegetais, caldos e sopas, água e chá. Para quem já está com sintomas, Sonia ensina duas receitas milagrosas: chá de raiz de lótus e caldo de rã. “O caldo é preparado com três rãs e 1,5 litro de água, fervendo por 40 minutos. Toma-se uma xícara de caldo quente, em jejum, por sete dias. Caso guarde em geladeira, aqueça antes de beber”, recomenda.